sábado, 9 de junho de 2018

Criptografar arquivos no Android - Es File Explore

Para muitos que carregam informações importantes no celular é muito importante que tomem bastante cuidado com a segurança de tais informações uma vez que atualmente é bastante corriqueiro notícias de smartphones roubados. 

Existe muitos aplicativos para Android que suprem a necessidade de segurança tão importante nos dias atuais. Inclusive, vejo crescendo um movimento por parte das grandes fabricantes em disponibilizar ferramentas nativas que prometem criptografar arquivos, como é o caso da Samsung. No entanto, muitos que querem ter ao mesmo tempo praticidade ao criptografar suas informações a possibilidade de abri-las através de outros meios que não seja seu próprio aparelho sentem-se limitadas ao usar certos aplicativos que geralmente usam formatos únicos que muitas vezes dificultam o acesso em outras plataformas. 

Neste caso, existe uma solução muito simples que na maioria das vezes já vem disponível no Android. Refiro-me aos compactadores de arquivos. 

Muitos devem não saber, mas aqueles aplicativos que usamos para compactar arquivos vêm nativamente com a opção de adicionar uma senha. É justamente sobre isso que tratarei aqui. 

*E antes que falem que a criptografia usada nesses compactadores é falha digo que até o momento não descobriram nenhuma falha, sendo a única forma de ter acesso a arquivos que estão com senha através de ataque de força bruta, coisa esta que pode ser remediada com uma senha de qualidade. 

Na grande maioria dos aparelho já há aplicativos que fazem o trabalho que explicarei a seguir, mas o que eu sempre uso e recomendo é o aplicativo Es file Explore, que, ao mesmo tempo que é um excelente gerenciador de arquivos, é um ótimo aplicativo para lidar com arquivos compactados com senha - pelo fato de já estar integrado com o próprio gerenciador de arquivo fica muito fácil para transferir e lidar com arquivos.



Antes de mais nada é importante esclarecer que adicionar senha ao compactar arquivo é algo que praticamente qualquer sistema faz, portanto, esse método é ótimo para aqueles que precisam constantemente transferir arquivos entre sistemas diferentes pois as chances de não haver compatibilidades são baixas. 


Ok...

Abrindo o Es File Explore e navegando até onde criaremos o arquivo de compactação onde adicionaremos nossos arquivos sigilosos, selecione os arquivos que pretendes adicionar senha e em seguida siga os passo das imagens abaixo:


Um menu em cascata surgirá e nele selecionaremos a opção compactar, como descrito na imagem a seguir:


Então uma nova janela abrirá, será nela onde colocaremos a senha que desejarmos:



Recomendo que deixe marcada a opção (zip)  na opção de formato que o arquivo compactado terá, como mostrado acima. 

Com relação ao nível de compressão fica à sua escolha, pois aqui o nosso objetivo não é liberar mais espaço - mas fica como atrativo, além de estarmos criptografando os arquivos liberamos um pouquinho de memória. 

Em seguida basta escolher uma senha da tua escolha, contando que seja beeem forte, como a que usei acima. 

Criado o arquivo compactado, basta apagar os arquivos sigiloso que já coloquemos dentro do container criptografado e ficará apenas o arquivo compactado com senha que criamos.  



No exemplo nomeei o arquivo com meu nome, porém se você quiser adicionar uma camada de segurança ao seu arquivo recomendo-lhe que nomeio-o com algo do tipo: documentos da BBC, fotos da Dilma, etc..dê asas à tua criatividade. LOL

Para acessar os arquivos basta simplesmente clicar no arquivo compactado e em seguida entrar com a senha que definiste anteriormente. 


Com o precedimento acima poderá criar arquivos criptografados com senha e ter acesso a eles muito facilmente através de um gerenciador de arquivo que pra mim é um dos melhores existentes para Android. Mas se você quiser um pouco mais de controle dos teus arquivos - adicionar novos arquivos ao container criptografado, por exemplo - terás que buscar outras aplicações para este trabalho. Recomendo o ZArchiver. Possivelmente falarei sobre ele em breve.


Edit:

Clique aqui para acessar o artigo sobre o ZArchiver
Compartilhe: