17/07/2018

Criptografar arquivos no Android com o ZArchiver

À medida que ficamos mais distantes dos computadores e passamos a usar bem mais aparelhos móveis para acesso a arquivos pessoais e entre outras coisas, ficamos bem mais vulneráveis a roubos e coisas do tipo. Portanto, é imprescindível que nos preocupemos com a integridade daquilo que temos de mais importante - que é nossas informações pessoais. 

Com o ZArchiver, temos em mãos um ótimo gerenciador de arquivos e ao mesmo tempo uma aplicação que está entre as melhores disponíveis para Android que trabalha com compactação e descompactação de arquivos e acima disso oferece suporte a arquivos compactados com criptografia AES de 256 Bits - a mesma usada em diversos governos e empresas e que é tida como uma das mais seguras da atualidade. 

Na dica de hoje estarei falando sobre como usar o ZArchiver para criptografar arquivos pessoais de modo que tais arquivos só possam ser acessados mediante uma senha. 


O ZArchiver encontra-se disponível gratuitamente na central de aplicativos do Android e pode ser acessado através deste link. Ou caso preferir, pode fazer o download do aplicativo em APK através deste link.

Após instalado, ao abri-lo irá dá de cara com um gerenciador de arquivos aparentemente como qualquer outro, porém à medida que for utilizando-o verás que ele vai muito além por oferecer diversas ferramentas interessantes.

Aparentemente um gerenciador comum


COMPACTANDO ARQUIVOS COM SENHA

O ZArchiver permite-nos que compactemos arquivos inserindo uma senha para que o container criptografado só possa ser acessado mediante essa senha, algo muito semelhante com o funcionamento do EDS, que também é um aplicativo para criptografar arquivos e que igualmente utiliza do algoritmo AES - Falei sobre o EDS neste artigo.

Para estar criando um container criptografado onde possa guardar arquivos com segurança e ao mesmo tempo poder acessá-los através de qualquer sistema operacional que tenha um compactador de arquivos - ou seja, praticamente todos - siga os passos a seguir:

Clique no símbolo de (+), localizado na barra superior e em seguida selecione a opção para está criando um novo arquivo, que no caso, é o container criptografado. 

Na nova janela que será aberta, entre com as informações que deseja para o container 


1 - Insira um nome para o container. É importante lembrar que não se deve remover o (.7z), pois assim o gerenciador de arquivo não estaria reconhecendo qual tipo se arquivo estaria lidando.

2 - Escolha o formato do container. Recomendo que utilize o 7z, pois é o que disponibiliza a criptografia AES, tanto para os arquivos como também para os nomes dos mesmos - explicarei mais abaixo. 

3 - Você pode optar por compactar os arquivos ao inseri-los dentro do container, no entanto tenha em mente que o processo de compactação e descompactação tornar-se-á mais demorado. Portanto, caso sua intensão seja apenas criptografar os arquivos e não economizar espaço não precisará selecionar nenhum nível de compressão. 

4 - O formato 7z suporta a criptografia AES de 256 Bits tanto para os arquivos como também para os nomes dos mesmos - ou seja, ao deixar selecionado a opção (dados e nomes de arquivos, conforme mostrado na imagem acima), só será possível ter acesso aos arquivos e aos nomes dos mesmos mediante a senha que estaremos definindo no passo a seguir. 

5 - Defina uma senha para o seu container. É importante lembrar que caso utilizes senhas fracas estaria na realidade trocando seis por meia dúzia, pois de nada adiantaria usar algoritmos atuais de criptografia e está usando uma senha anedótica igual esta que usei no exemplo acima.

Após criar o container, será necessário selecionar os arquivos que deseja colocar dentro. Depois de selecioná-los, basta clicar no símbolo de (seta), como mostrado na imagem abaixo:


E então o seu container criptografado estará criado. Para acessá-lo, basta clicar nele e selecionar a opção (exibir) e entrar com a senha definida por você. 



ADICIONANDO NOVOS ARQUIVOS AO CONTAINER


Após criado o container eventualmente tu poderia precisar colocar novos arquivos dentro dele. Para fazê-lo siga os passos abaixo: 

1 - Entre no container criptografado usando a senha que definiste e em seguida clique nos três pontinhos para estar abrindo o menu. Então clique em adicionar e em adicionar arquivo; veja a imagem:


2 - Uma nova janela será aberta e nela basta selecionar os arquivos que deseja adicionar dentro do container criptografado - convém lembrar que, após adicionar os arquivos para o container precisarás apagar os arquivos do destino original manualmente, ou, caso prefira, poderá ativar nas configurações do próprio ZArchiver a opção para sempre deletar os arquivos após transferidos para dentro de algum container. 



ABRINDO UM CONTAINER CRIPTOGRAFADO NO COMPUTADOR

Uma das grandes vantagens em usar compactadores para criptografar arquivos é que podemos ter acesso aos arquivos com muita facilidade em qualquer sistema operacional que disponha de um gerenciador de arquivo compactado - algo básico em todo sistema. Diferentemente dos aplicativos que usam formatos proprietários, onde só podemos ter acesso aos arquivos usando aplicativos oficiais; o que definitivamente não acontece com o 7z.

Para estar acessando seus arquivos através do computador, basta passar o container para o mesmo e em seguida entrar com a senha. No meu caso, estou utilizando o Xubuntu e consegui ter acesso aos arquivos normalmente. 


Entrei com a senha que defini anteriormente e....prontinho....




Valeu pessoal, até a próxima!!!