26/09/2018

Usando o Telegram como nuvem pessoal

Todos os serviços de armazenamento em nuvem mais populares da atualidade oferecem alguma modalidade gratuita com limitação de armazenamento. É o caso do Google Drive, Onedrive, Dropbox, Mega, etc. Mas, o que muitos não sabem é que podemos utilizar o Telegram como uma nuvem, onde é possível armazenar arquivos sem nenhuma limitação, contanto apenas que cada arquivo não passe do limite de 1,5 Gb. 



Como funciona?



Para armazenar arquivos na nuvem do Telegram é muito simples. Basta enviar os arquivos para o chat consigo mesmo que já vem por padrão justamente para essa finalidade. 

No entanto à medida que a quantidade de arquivos vai crescendo fica cada vez mais trabalhoso encontrar o que queremos por isso é recomendável separar os tipos de arquivos em canais, que podem ser criados facilmente abrindo o menu lateral do Telegram. 



Criando um canal privado por exemplo para armazenas as tuas músicas, outro para armazenas os teus filmes - filmes abaixo de 1,5 Gb -, fotos, vídeos, enfim.

Para facilitar, existe a ferramenta de pesquisa - com o símbolo de uma lupa - que ajuda muito principalmente quando os arquivos vão acumulando.