14/03/2019

Instalação do LibreOffice no Lubuntu

O foco primordial do Lubuntu é o baixo consumo de processamento, e isso tem um preço. Muitas das aplicações nativas em outras distribuições são substituídas por outras que estejam dentro do propósito do Lubuntu. Foi o que aconteceu com o LibreOffice, suíte de aplicativos de escritório indispensável que teve o lugar preenchido pelo Abiword e Gnumeric. Felizmente, para instalar o LibreOffice no Lubuntu é muito simples e nas próximas linhas explicarei como fazê-lo.

Instalar LibreOffice no Lubuntu

Como já deves saber à essa altura, o LibreOffice é um projeto de código aberto dos mais famosos da atualidade e como tanto está disponível nos repositórios oficiais do Ubuntu sendo possível instalá-lo no Lubuntu sem a necessidade de nenhum PPA. No entanto, a versão comumente listada nos repositórios oficiais é desatualizada de modo a ter sempre a versão mais estável da aplicação. Isso posto, para instalar a versão estável basta rodar a linha abaixo no terminal logado com root:
sudo apt-get install libreoffice
Porém, o foco do tutorial não é a instalação da versão estável da aplicação, mas sim da última versão disponível no site oficial do projeto. 


Baixe os pacotes

Entre no site do LibreOffice e baixe a versão mais atual da aplicação (clique aqui) Lembre-se também de incluir a tradução da interface:



Extraia os pacotes

Os pacotes estão compactados no formato tar.gz e para extraí-los primeiramente dirija-se até eles através do terminal. 


Para tanto, use o comando (cd) para navegar entre diretórios através do terminal. No meu caso baixei os pacotes na pasta Documentos - atente-se às letras minúsculas e maiúsculas, naturalmente. O comando (ls) lista todos os arquivos que estão na pasta. 


O próximo passo é descompactar os pacotes propriamente dito. Para formatos tar.gz usamos o seguinte comando:
tar -vzxf (nome do arquivo)
Descompacte os dois pacotes e em seguida use o comando (ls) novamente. Perceba que agora há duas pastas:


São dentro dessas pastas que estão os pacotes .deb que iremos instalar. À princípio, vá até a pasta onde está o LibreOffice e entre na subpasta DEBS
cd (nome da pasta)/DEBS
Use o comando ls e perceba que há os pacotes .deb (atente-se que de fato seja a pasta do LibreOffice e não a da tradução)

Agora iremos instalar todos os pacotes .deb de uma única vez através do comando a seguir:
sudo dpkg -i * .deb
(lembre-se que é preciso está dentro do diretório onde os .deb estão)


O processo de instalação pode demorar alguns minutos. Após terminar, faça o mesmo procedimento com a pasta onde estão os pacotes de tradução.

Volte até onde a pasta está (no meu caso, Documento) O comando para voltar um diretório no terminal é (cd ..) Você também pode abrir uma nova aba do terminal e evitar ficar navegando entre diretórios. 

Agora, já dentro da pasta de tradução e na subpasta onde estão os .deb ( no meu caso ficou assim cd Documentos/LibreOffice_6.2.1.2_Linux_x86_deb_langpack_pt-BR/DEBS )use o mesmo comando para instalar os pacotes .deb
sudo dpkg -i * .deb
Após instalados, o ícone do LibreOffice estará no menu de aplicativos na sessão Escritório.



Valeu pessoal, até a próxima!