terça-feira, 12 de março de 2019

Widget Pay with Nano - Receba Nano no seu site

A Brainblocks oferece um plug-in compatível com WordPress que funciona exatamente como um Paywall, fazendo com que o acesso a conteúdo dentro de um site seja liberado só após um pagamento ao endereço especificado. O plug-in já está em pleno funcionamento e através do GitHub do projeto é especificado como fazer a instalação em sites WordPress.

Para outras plataformas como o Blogger, por exemplo, ainda não compatível com o Plug-in, é disponibilizado no site do Brainblocks um pequeno script de botão Pay with Nano, que pode ser adicionado em qualquer página HTML e que funciona exatamente da mesma forma como o Plug-in disponível para WordPress, com a diferença de tornar o pagamento opcional. 

No site oficial do BrainBlocks é disponibilizado o Script, basta apenas copiá-lo e adicioná-lo à página HTML que desejar, independentemente da plataforma:

<!-- 1. Place the button somewhere in your HTML -->
<div id="nano-button"></div>

<!-- 2. Add the BrainBlocks script -->
<script src="https://brainblocks.io/brainblocks.min.js"></script>

<!-- 3. Render the button -->
<script type="text/javascript">
  // Render the Nano button
  brainblocks.Button.render({

    // Pass in payment options
    payment: {
      currency: 'rai',
      amount: '1000',
      destination: 'xrb_1brainb3zz81wmhxndsbrjb94hx3fhr1fyydmg6iresyk76f3k7y7jiazoji'
    },

    // Handle successful payments
    onPayment: function(data) {
      // 4. Call BrainBlocks API to verify data.token
      // See tab #2
    }
  }, '#nano-button');
</script>

Atente-se, naturalmente, ao destinatário que receberá as transações. Por padrão é colocado o endereço do BrainBlock. Para colocar o seu endereço nano_ altere a linha (destination). Em amount é onde alteramos o valor do botão, que por padrão vem com 0.001.

A principal diferença em usar o botão Pay with Nano ao invés de simplesmente disponibilizar o endereço nano_ é que quando a transação for realizada existe uma pequena animação mostrando que os fundos foram recebidos na outra ponta.
Compartilhe: