23/07/2019

Motivos para usar uma VPN

VPNs não são amplamente usadas pelo público mainstream por terem a fama de reduzir a qualidade da conexão e serem difíceis de configurar. Porém nos últimos anos, sobretudo após os recente vazamentos de dados que tornaram público os infinitos programas de espionagem por parte de governos, as VPN deram um salto gigantesco e hoje são tão simples de serem usadas que até mesmo aqueles sem conhecimento técnico são capazes de configurá-las. As velocidades também deram um grande salto e hoje a grande parte dos serviços de VPN disponibilizam várias opções de servidores espalhados pelo globo. Neste artigo darei alguns motivos para você começar a usar uma VPN hoje mesmo.
Antes de começarmos é importante entendermos o que é uma VPN? Para facilitar, imaginemos a internet como sendo uma imensidão de estradas que ligam você aos sites que você acessa. As informações que saem do seu computador viajam através dessas estradas (internet) e chegam até o site que você quer acessar que então responde você. Uma VPN, usando a mesma analogia, funciona como um intermediário entre você e o site que você quer acessar. É como se o seu computador entregasse as suas solicitações/informações para outra pessoa para que ela entregue ao site que você quer acessar. 

A principal utilidade em usar um intermediário ao invés de se comunicar diretamente com o site que você acessa é o anonimato. Usando uma VPN todos os sites que você acessa não saberão quem você é pois para eles o endereço IP que ficará visível será o do intermediário e não o do seu computador. Eis o motivo de muitos cederem às VPNs para usar serviços que só estão disponíveis em outros países. No caso do intermediário estiver na China, todos os sites que você acessar entenderão que você está lá, e não na sua localização real. 

motivos

1º Seu provedor não saberá o que você acessa

O seu ISP (Internet Service Provider), mais conhecido como provedor de internet, a empresa que você paga para ter acesso à internet, guarda algumas informações sobre os sites que você acessa. E apesar dos logs que essas empresas armazenam sobre o uso dos usuários não serem tão ricos em informações, eles sabem os sites que você acessa, o horário e em casos de protocolos não criptografados podem até interceptar todas as informações que saem e chegam ao seu computador. Resumidamente falando, o cara do teu provedor de internet, se o desejar, pode lhe chantagear pois ele sabe o que você anda fazendo na rede. É claro que não existem motivos para fazerem isso, no entanto é importante saber que isso está nas mãos deles e que podem usar isso contra você a qualquer momento. E se você é de cidade pequena onde todo mundo conhece todo mundo, é melhor se prevenir com o uso de uma VPN. 

Ao instalar uma VPN no seu computador ou celular, tudo que sair do seu aparelho será criptografado antes mesmo de chegar ao seu provedor, o que significa que eles não saberão o que você está acessando e nem as informações que estão trafegando mesmo se o protocolo do sites/serviço em questão não for criptografado. A única coisa que saberão é que você está acessando o intermediário, que no caso é o servidor da VPN. 

2º Burlar bloqueio de redes com proxy

É muito provável que o WIFI da escola que você estuda bloqueia o acesso a determinados sites. Muitas empresas também usam a mesma técnica para evitar que os funcionários façam outras coisas além do que são pagos para fazerem. Esse tipo de bloqueio é possível porque cada site dentro da internet tem um endereço e este fica visível todas as vezes que o seu computador ou celular tenta acessá-los. Porém, com o uso de uma VPN é possível acessar esses sites que são bloqueados porque a VPN criptografa toda a conexão ainda no seu aparelho, o que significa que o roteador ou proxy não sabem o que exatamente você está acessando. 

Lembra quando bloquearam o WhatsApp aqui no Brasil, em 2015 se não me engano? Muita gente começou a usar VPN para burlar esse bloqueio. Porque como falei, ao usar uma VPN fica impossível para o seu roteador ou ISP saber o que você genuinamente está acessando. 

3º Navegar com segurança em WIFI público

Existem inúmeras falhas de segurança nos protocolos usados em roteadores WIFI e é muito provável que até mesmo o teu equipamento esteja vulnerável para alguns tipos de ataque. Para exemplificar isso, fiz um teste usando uma ferramenta para Android chamada WIFI Kill que intercepta o tráfego de um aparelho que está conectado na mesma rede. 

Perceba que a partir do momento que interceptei a conexão do meu celular que estava conectado na mesma rede, tive acesso a todos os sites que eram abertos no navegador. Fazendo esse teste, inclusive, percebi que o meu navegador envia algumas informações para esses sites que estão aparecendo (login.live e msftncsi.com) vai saber o que está sendo enviado. 

O que quero dizer com isso é que até mesmo um usuário local que esteja conectado na mesma rede que a tua pode interceptar o teu tráfego. E por que não o teu provedor não o faria? Ao usar uma VPN, esse tipo de “ataque“ que exemplifiquei acima não é viável pois toda a conexão estaria criptografada.

conclusão

As vantagens em níveis de segurança ao usar uma VPN são inúmeras e de suma importância para manter o seu anonimato na internet, porém convém lembrar que também existem inúmeros serviços de VPN disponíveis e que nem todos vão lidar melhor com o seus dados do que o seu provedor de internet. Então, antes de sair correndo para instalar uma VPN no seu aparelho, estude muito a empresa que você confiará os seus dados e veja se vale a pena dentro do seu orçamento porque toda VPN tem um custo. Caia fora de todas as opções gratuitas que estão disponíveis na internet. Usá-las é como trocar seis por meia dúzia. Você estaria apenas trocando quem teria acesso aos seus dados. 




Valeu pessoal, até a próxima!